sexta-feira, abril 11, 2008

Diga sim ao casamento gay!



Os homossexuais são tratados no Brasil como cidadãos de segunda categoria. A Constituição Federal da República do Brasil em diversos artigos declara que todos são iguais perante a lei. Porém a mesma constituição considera válido apenas o casamento entre um homem e uma mulher. Ora, ou todos são iguais, ou todos não são iguais. Quer dizer que uns são mais iguais do que os outros? Como não é possível considerar norma constitucional, inconstitucional, a constituição tem quer ser mudada, ou para garantir real a igualdade de todos, ou para declarar que os homossexuais não têm esse direito. O caput do artigo 5º da CRFB/88 diz o seguinte: “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza...” Mas essa igualdade não existe de fato no Brasil. E você gosta de viver nesse país que discrimina seus nacionais, só porque eles têm orientação sexual diferente? Você acha isso certo?
Não podemos deixar que questões de fundo religioso pairar sobre os direitos da pessoa humana. O que é mais importante o sentimento religioso ou o respeito aos direitos humanos? Quando os islâmicos cortam o clitóris das mulheres há uma grita geral condenando a religião alheia, mas quando fundamentalistas cristãos vão para a televisão dizer que não pode haver casamento de gays porque Deus não quer ninguém fala nada. Tenho certeza que Deus não quer a violência, as desigualdades, a pobreza, a ignorância, a falta de amor, a vida baseada apenas em bens materiais, a exploração, a degradação do meio ambiente, as guerras, o desrespeito contra a pessoa humana. E a proibição do casamento dos homossexuais vai contra os direitos da pessoa humana. Se Deus é amor, não há proibição para o casamento de pessoas que se amam. Aqui na Terra nada pode ficar acima, nenhuma religião ou ideologia, do respeito aos direitos da pessoa humana. E com relação a Deus, as religiões cristãs dizem que todos os seres humanos são feitos a sua imagem e semelhança. E assim também são os homossexuais, a imagem e semelhança de Deus. Quem desrespeita os homossexuais e os seus direitos, também vai contra Deus, vai contra os filhos de Deus.
Não vou ficar aqui em discussão teológica. Mas o casamento de homossexuais não é casamento na igreja, de véu e grinalda. Esse ai ninguém mais quer, nem os heterossexuais querem, quanto mais os gays. Os homossexuais querem direitos, querem ser reconhecidos como iguais. Querem poder viver como gente, sob o respaldo da lei. A questão da união dos homossexuais me lembra a luta pelo voto feminino. Ainda no início do século XX muita gente era contra, até religiosos, que são geralmente contra tudo o que é novo. Não vamos esquecer que a igreja levou centenas de pessoas às fogueiras na inquisição. Um dia quase todos os países do mundo vão aceitar a união de homossexuais (como as mulheres têm direito a voto nos dias de hoje), ai vão ser as igrejas esvaziadas que vão chamá-los para irem se casar lá.

15 comentários:

Cinttia disse...

Polêmico!!!
Mais concordo que todos tem que ter os mesmos direitos....Não tenho preconceito quanto a isso, o amor e a felicidade estao acima de qualquer coisa
bjim

Euzer Lopes disse...

Foi realmente o texto mais verdadeiro que eu li nos últimos tempos.
Você está de parabéns!
Só no campo "religioso" é que eu prefiro não polemizar, mas acho que quando há amor, não importa de que forma, deve ser respeitado. E quem é que tem moral para apontar duas pessoas do mesmo sexo dizendo que estão erradas em querer dividir não somente a cama, mas a vida? Dois homens, ou duas mulheres, não precisam (já que a sociedade dita "moderna" ainda não está preparada para isso) ficar aos beijos nos corredores dos Shoppings, ou de mãos dadas numa Avenida Paulista, por exemplo. Mas eles são humanos e inteligentes o suficiente para "praticarem seu amor" com respeito e dignidade perante ao outro e perante a todos. Não é pelo sexo que se determina o caráter de um ser humano.
E ponto final.
Parabéns, mais uma vez!

Rafael Puime disse...

Com certeza!
Eu apoio! Se o Brasil é um estado Laico, por que a opinião da Igreja conta tanto? É meio incompreensível, não acha?!
Foi como vc falou (e me lembrou da revolução dos bichos!): Todos são iguais, mais uns são mais iguais que os outros!
É f*da!
Grande Abraço!

Cláudio Apolinário disse...

brother ... vivemos em um país totalmente preconceituoso! dificilmente, algum dia viveremos a harmonia de cada um poder ser quem quiser sem ser discriminado ...
infelizmente ...

se puder dá uma moral lá no meu:

http://somarassuntos.blogspot.com/

Gabriele de Almeida disse...

Eu sou a favor do casamento entre homossexuais. Acho que o amor deveria ser mais importante que leis religiosas e preconceito. É por isso e vários outros motivos que sou tão contra a Igreja Católica.

A igualdade é tão pregada, mas que igualdade mais preconceituosa essa a que existe, não é?

Volte sempre :)

Para tudo um pouco disse...

Com certeza todos tem o mesmo direito, seria muito chato se todo mundo fosse igual=]
Adorei o BLOG.

Ps. Como faço para mudar a parte que diz "COMENTARIOS", no caso, vc colocou "PALPITES".

Ps2. Passarei mais vezes aqui.

bjs

Mayna disse...

Quando há amor não importa o sexo!
Eu digo sim ao casamento homossexual!
Chega de preconceitos e hipocrisia nessa sociedade!

http://maynabuco.blogspot.com

=/ disse...

Oi... =) Concordo com vc. Muitas vezes o amor homosexual é mais puro e mais bonito que o "amor" hetero. Não é certo definir uma pessoa como gay, hetero, branca, negra ou qualquer outra coisa. Isso pode ser, no máximo, considerado como uma característica. Todos somos iguais, então temos que começar a agir como iguais. Mas... eu quero me casar na igreja de véu e grinalda! >.< Hehehe... Ótimo blog... Beijos

Carol disse...

Concordo plenamente. Alias, a nossa Constituição é uma hipocresia completa mesmo. É completamente regida pelo pensamento católico, tanto que no preâmbulo diz "...promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte Constituição da República Federativa do Brasil".. Palhaçada total...

Carol disse...

Concordo plenamente. Aliás, a nossa constituiçao federa é uma completa hipocresia. Completamente regida pelo pensamento católico, enquanto deveria ser imparcial e objetiva. Tanto que no próprio preämbulo diz "...promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte Constituição da República Federativa do Brasil"... palhaçada...

Scliar disse...

Sim, sim, e sim. Mas por que as pessoas se recusam a discutir religião? Quem foi que impôs esta barreira? Afinal, a religião, assim como tantos outros traços, faz parte da sociedade e,portnato, merece e deve ser discutida. Caso contrario, jamais poderemos questionar seu posicionamento em relação aos casamentos homo; aborto; celulas troncos e outras áreas. Bom inicio de semana. Com respeito e igualdade. Ethel SC

Vinicius Santucci Rossini disse...

a não regularmentação do casamento gay fere a lógica...
não existem argumentos plausiveis para jsutificar sua "não regularmentação"

Palavras e Silêncios disse...

Poxa, conheci o seu blog atraves do seu perfil no Facebook. Muito bom essa sua postagem. Tão verdadeira e sensivel quanto as outras... Parabens por nos oferecer um texto tão verdadeiro, sensato e cheio de sensibilidade "humana".

Abraços

Ps: vc ganhou um frequentador assiduo do seu blog rsrsrsrs

David Petit disse...

Nossa, muito bom mesmo.

principalmente o desfecho final. A igreja é sempre contra o novo mas sempre cede depois em busca de fieis que possam pagar seus dízimos.

abraços e continue assim escrevendo super bem!

MUNIKS disse...

Almas sao almas em qualquer corpo..^^..bom bom